Os elogios são vitaminas de alegria, de bondade e amizade!

Os elogios fazem tão bem! Quem não sorri ao ser elogiado? Quem não se sente reconfortado ou reconfortada? E quando alguém se esforça, não é justo ter o seu elogia como recompensa?
Os elogios são injecções de auto-estima. No processo educativo, funcionam como reforço positivo. Se há consequência para o erro, tem de haver prémio para o que está certo. Creio que a questão fundamental é encontrar o equilíbrio perfeito entre estes dois pólos.
Nunca me esqueço de uma professora de Alemão que tive no instituto em Lisboa. Uma das primeiras coisas que nos ensinou, foi uma série de palavras positivas, para respondermos com simpatia e nos encorajarmos mutuamente. Ela dizia que deveríamos conhecer bem palavras como “Prima!”, “Spitze!”, “Super!”, “Fantastisch!”, “Toll!”, entre outras. Ainda me consigo lembrar de todas estas. Sempre que acertávamos num exercício, ouvíamos uma palavra animadora, encorajante.
Porque não havemos de usar frequentemente com os nossos alunos e alunas, com os nossos filhos e filhas expressões reconfortantes?
“Muito bem!”, “Boa!”, “Que lindo!”, “Está bom!”, “Fantástico!”, “Gosto muito!”…
É muito importante para quem a timidez e a falta de confiança muitas vezes batem à porta. Para além disso, nutre o desenvolvimento de uma boa relação, gera confiança e alegria. É também um exemplo de bondade que semeia amizade. Se as crianças nos copiam em tudo, hão de nos copiar nisto também.
Quantas vezes não vêm ter connosco para nos mostrar os desenhos que fizeram, ou os sapatos novos que receberam; para nos contar algo que aprenderam, ou nos dizer o que conseguem fazer, e tudo o que precisam como resposta é simplesmente: “Que lindo!” ou “Muito bem!”
Há tanto para elogiar. Elogiemos o que há de bom!
P.S. Mas não em demasia. J

Sem comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Ocorreu um erro neste dispositivo